Dezembro 23 2010

 

Rosa Vermelha encantada

Rainha do Seu Jardim

Tem sua sina marcada

Com "Dom" altivo sem fim

 

È nessa contradição

De beleza e rebeldia

Em canteiro de solidão

Sem raiz na fantasia

 

Há no Sol da Primavera

O brilho da humildade

Exemplo que não impera

Na escuridão da vaidade

 

Espinhos agressivos, sempre em alerta

Que exibe, ao mais leve sobressalto

Temendo que o canteiro, seja invadido

 

Eis que esse  "Dom" se lhe desperta

Só resta, a pose de mãos ao alto

Quem a tentar colher, será ferido

 

 

 

 

 

publicado por severino às 11:36

Sem espinhos nem feridas
Com o sol sempre a raiar
Com os sorrisos de uma vida
e uma amizade para festejar.

Que as rosas do seu jardim
Sejam lindas e perfumadas
E que 2011 seja enfim
o mar de alegrias desejadas.

Beijos
Manu
Existe um Olhar a 26 de Dezembro de 2010 às 15:43


Nesse teu jardim florido
As rosas são prefumadas
Têm todo um colorido
Com hastes aveludadas

Tem o sol da primavera
Encanto de um paraiso
O sonho de uma quimera
Que encanta quando é preciso

Um bjo
J/severino
severino a 26 de Dezembro de 2010 às 19:45

mais sobre mim
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
16
18

19
21
22
24
25

26
27
29
31


pesquisar
 
blogs SAPO