Janeiro 10 2011

No alto de um "Pedestal"

Num grito de "indignação"

Do seu ego "intelectual"

Que exibe, à exaustão

 

Parece contaminada

Por virose resistente

De humildade esgotada

Em arrogância demente

 

Toupeira,no seu Buraco

Que gera no seu celeiro

Peste,que serve a pataco

Noite a dia, a tempo inteiro

 

Os genes de que é Formado

O seu "brilhante" imaginario

Em raiva de convulções

 

Em estilo, desesperado

Em pragas tão ordinário

Tem prontas as soluções

 

 

 

 

 

 

publicado por severino às 22:41

Amigo Severino
Bem vindo a 2011 e logo com um poema que, tenho a certeza que serve de carapuça a muito boa gente que anda por aí mais uma vez a tentar convencer-nos de que "eu sou o melhor".
Como sempre a Razão e as palavras certas.
Um abraço.
rodrigando a 11 de Janeiro de 2011 às 02:56

Olá Adélia
De facto tenho andado um pouco afastado e quem passa por aqui, convence-se do meu frequente mau humor, em quase tudo o que escrevo....Uma alergia como lhe disse.
Obrigado pela visita, continuação de um bom ano com muita saude, familiares incluidos.
E um abraço
J/severino
severino a 13 de Janeiro de 2011 às 23:23

Olá Severino!
É com prazer que o leio este ano... realmente andam or aí muitos que como diz e bem a nossa amiga Rodrigando, podem enfiar essa carapuça que lhes ficará a contento....
Um abraço e tudo de bom para este novo ano
Rosinda
Rosinda a 11 de Janeiro de 2011 às 14:58

Olá amiga
concordo com a amiga Adélia e consigo. Serve e de que maneira, para algumas espécies, que cheias de complexos intelectuais "foras de série" muito selectivas e com os recadinhos sempre na ponta da lingua.
Muita Saude e felicidades para o corrente ano,para si e familia.
Um abraço
J/severino
severino a 13 de Janeiro de 2011 às 23:37

gostei muito e percebi,concordando...
feliz 2011 e desculpe n passar aqui,mas tenho lido...))
luadoceu a 12 de Janeiro de 2011 às 16:14

Olá menina Carla
A Bébé daqui a pouco está pronta para o infantário, não ?. Deve estar já crescidinha. Oxalá seja o orgulho da mamã e do papá!
Obrigado pela visita...são apenas uns desabafos o que ultimamente me sai.
Um bom ano e que a familia no dia a dia, nos continue a dar boas noticias.
Cumprimentos
J/severino
severino a 13 de Janeiro de 2011 às 23:47

Longe de mim tal doença
Venho aqui de boa fé.
Marcar a minha presença
e apreciar o poeta que é.

Beijos
Manu
Existe um Olhar a 12 de Janeiro de 2011 às 21:29

Oi Manu
Impossivel, com os teus genes contraires tal doença! Seres como tu estão à prova de "Bala"no que respeita a esta estirpe.

Infelizmente, no blog ,últimamente tenho andodo pouco interventivo e quando o faço é em jeito de recado.
Mudei-me de armas e bagagens para o Facebook, onde por vezes te tenho econtrado, como sabes.
Agradeço a visita
Um abraço
j/severino
severino a 14 de Janeiro de 2011 às 00:15

mais sobre mim
Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11
13
15

16
18
19
20
22

23
24
25
26
29

30
31


pesquisar
 
blogs SAPO