Março 17 2011

Sou de barato na vida

Trocado por um Vintém

Fruto de folha caida

Com nome de Zé Niguem

 

Minhas tarefas cumpridas

São pragas e maldições

Com o corpo cheio de feridas

Da loucura das Paixões

 

Nas raivas já recolhidas

Tenho sido de tudo um pouco

Sou espuma dessa fervura

 

Com queimaduras sofridas

Das fúrias de um Mundo Louco

Em que tu própria figuas

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por severino às 23:18

ninguem e ze ninguem e so se o e,se a pessoa deixar
somos todos humanos e gente meu amigo,n pense assim de sim,se percebi
quem o troca, e pq n e seu merecedor e ha de vir quem o e, a seu tempo
acho que percebi o conteudo e gostei
bom fds severino
tudo de bom
luadoceu a 18 de Março de 2011 às 13:25

Olá Carla
Nesse mundo a que me refiro,...sou de facto aquilo que afirmo!... Um Zé Ninguém!
Tenho sido pau-para toda a obra´, com sucessivos recados figurados nos mais diversos tiks de vaidade intelectual,muitas vezes insultuosos, a que de vez enquando,muitas vezes misturando um pouco de ironia, vou dando respsta.
Só fazem sentido, conhecendo esse "diálogo de surdos" que lhe está subjacente.
Bom fim de Semana e obrigado pela visita
Um abraço
J/severino
severino a 18 de Março de 2011 às 14:50

sei que ha maus momentos
mas nao te tiro a razao da tua indignaçao
isso pau p toda a colher acredito que sim
mas n te diminuas severino,n des azo, q q queiram q te sintas assim
n es um ze ninguem,ninguem e e temos todos valor
ha dias menos bons,rodeados de pessoas menos merecedoras de nos
mas temos valor
bom fds e pensamento positivo,se possivel ignorar
mas continua a escrever
luadoceu a 18 de Março de 2011 às 15:50

mais sobre mim
Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO