Agosto 19 2010

Finalmente a Ria Formosa, está catalogado ou escolhida como candidata às Sete Maravilhas. Vi uma pequena reportagem anteontem na SIC,  pequena amostra deste Paraiso, onde me dilicio na passagem dos meus dias em contacto com a natureza.  Pena é que esteja agora super cercada por tanto veraneante, que até as aves se mostram mais esquivas e desconfiadas

Na  época estival entre Setembro e Maio, as aves convivem com os humanos com um àvontade, tão pacifico e natural que muitas vezes se deslocam até junto de nós, pousando nos pequenos barcos, com o dono a pescar ou em movimento. As gaivotas quase nos vêm comer à mão.

Graças a Deus, que as indústrias no Algarve junto à Ria, com uma pequena excepção dos arredores de Olhão, não causaram muitos danos e o problema mais gravoso eram os esgotos que têm vindo nos últimos anos a ser atenuados com as estações de tratamento de águas residuais e residuos sólidos.

Consequentemente existe hoje uma consciêncialização das populações viradas para o ambiente, que muito contribui para uma melhoria, apesar pressão da época balnear com um excesso de frequência a bater records, ano após ano.

Para quem como eu, adora o mar, a Ria é uma ante-câmara, diria até a sua Sala de estar e repousar.

 

 

publicado por severino às 10:46

Olá Severino,
até estou bem pertinho da ria e bem gostava de conhecer, mas o meu filho está a trabalhar e ainda não é desta que vou conseguir ver essa maravilha. Ainda bem que se dá valor às coisas lindas que temos. Talvez numa próxima vinda a Portimão eu consiga visitar tão lindo lugar.
Um abraço
Rosinda
Rosinda a 19 de Agosto de 2010 às 16:55

Olá Rosinda
Sabe que a beleza desta Ria não são própriamente as paisagens. Está mais na sua fauna, (flamingos,Maçaricos,Garsas,Cegonhas,gaivotas e grande variedade de outros pequenos pássaros), tem uma grande variedade de mariscos e a paz que toda este ambiente proporciona a quem gosta da natureza.
Em Cacela Velha, junto à Igreja onde há uma muralha, donde se avistam muitos km de Ria, que aqui no sótavento é uma das vistas mais bonitas.

Obrigado pela visita
um abraço
j/severino
severino a 20 de Agosto de 2010 às 00:12

Olá João
Tenho andado um pouco arredada da blogosfera, embora leia com atenção tudo o que vão escrevendo os meus amigos.
Sinto-me como as aves da tua ria que andam esquivas e desconfiadas neste mês de Agosto, embora não fuja a uma boa troca de impressões, a confusão que reina nesta altura do ano, deixa-me confusa e ansiosa pela minha paz.
Não conheço a tua ria, mas da maneira como a descreves, desejo sinceramente que ela venha a fazer parte das sete maravilhas.
E se os ventos e marés o permitirem continuarei a poisar por aqui.
Beijos
Manu
Existe um Olhar a 22 de Agosto de 2010 às 21:05

Olá amiga
Tambem eu nos últimos dias, me tenho dispersado pelos jornais. onde conservo um velho vicio de comentador em noticias, no Semanário SOL e no Jornal I (on line) . É pena que grande parte das pessoas que por ali andam, não utilizem o argumento para defedenderem os seus pontos de vista e enveredem pela injúria, com tão má educação, que nos deixa sem vontade de continuar. Felizmente como não utilizo essas práticas,não tenho razão de queixa, mas afectam-me e detesto.
Estou desejando que chegue Setembro, para que regresse um pouco mais de sossego para estas bandas, a invasão espanhola bate records ano após ano-
Desejo que as marés e ventos continuem de feição, a Manu é tão necessária neste espaço como o ar que por respiramos neste espaço virtual-
Um abraço
j/severino
severino a 24 de Agosto de 2010 às 12:58

Olá!!!
Obrigada pela visita ao meu "blog".
Muito interessante este post sobre a "Ria Formosa".


Bia a 23 de Agosto de 2010 às 11:41

Olá Bia
No Faísca do seu Post, tocou-me a saudade do meu velho Cocas.
Encontrei-A no Blog do Rodrigo dos Açores, visitei e adicionei-a como favorita.
Volte Sempre!
um amigo
j/severino
severino a 24 de Agosto de 2010 às 13:19

mais sobre mim
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
20
21

22
23
25
26
27
28

29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO