Dezembro 23 2010

 

Rosa Vermelha encantada

Rainha do Seu Jardim

Tem sua sina marcada

Com "Dom" altivo sem fim

 

È nessa contradição

De beleza e rebeldia

Em canteiro de solidão

Sem raiz na fantasia

 

Há no Sol da Primavera

O brilho da humildade

Exemplo que não impera

Na escuridão da vaidade

 

Espinhos agressivos, sempre em alerta

Que exibe, ao mais leve sobressalto

Temendo que o canteiro, seja invadido

 

Eis que esse  "Dom" se lhe desperta

Só resta, a pose de mãos ao alto

Quem a tentar colher, será ferido

 

 

 

 

 

publicado por severino às 11:36

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
15
16
18

19
21
22
24
25

26
27
29
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO