Março 17 2011

Sou de barato na vida

Trocado por um Vintém

Fruto de folha caida

Com nome de Zé Niguem

 

Minhas tarefas cumpridas

São pragas e maldições

Com o corpo cheio de feridas

Da loucura das Paixões

 

Nas raivas já recolhidas

Tenho sido de tudo um pouco

Sou espuma dessa fervura

 

Com queimaduras sofridas

Das fúrias de um Mundo Louco

Em que tu própria figuas

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por severino às 23:18

ninguem e ze ninguem e so se o e,se a pessoa deixar
somos todos humanos e gente meu amigo,n pense assim de sim,se percebi
quem o troca, e pq n e seu merecedor e ha de vir quem o e, a seu tempo
acho que percebi o conteudo e gostei
bom fds severino
tudo de bom
luadoceu a 18 de Março de 2011 às 13:25

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO