Maio 18 2010

Ontem, viajei até aos confins do inicio da segunda década de anos da minha existência, encontrei o rosto do meu primeiro encantamento amoroso,

tomei conhecimento da sua história de vida.  Li-lhe no rosto o encanto do nosso encontro, um rosto apesar dos anos, irradia segurança e felicidade segura e conservando o seu ar quase tão juvenil  como outrora, que os seu cabelos brancos teimam em disfarçar.

Durante a noite quase não dormi,  relembrando as marcas amorosas que me tinha deixado quando nos separamos, imaginei todo o seu percurso de vida, admirando-a pela bondade e inteligência que parece irradiar do seu rosto.

Adormeci, já madrugada.

Acordei tarde, já meia manhâ, meio baralhado de sentimentos,que durante a longa noite me perturbaram a alma,com uma mistura de passado e presente,que me deixou meio aturdido.

Vou ter de me refazer desta ressaca, agora que a encontrei, vou contar com Ela como amiga, qual alma gêmea, que como parte de mim,  se encontrava ausente! 

 

 

publicado por severino às 22:49

mais sobre mim
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

19
20
21

23
25
27
28
29

30
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO