Setembro 26 2010

 

 

Há na vida quatro Tempos

Em Estações Enquadrados

Sopradas por quatro Ventos

Quentes Frescos ou Gelados

 

Numa Primavera em flor

Segue-se o Verão sem demora

Depois de Outono sem fulgor

Chega o Inverno que chora

 

Primavera a Mocidade

Consolidada no Verão

Num Outono de Saudade

No Inverno a Solidão

 

Nos Quatro Ventos chamados

Vento Sul ou Vento Norte

Por ordem um pouco à sorte

Com Leste e Oeste enquadrados

 

Na Primavera indiferentes

No Outono diferenciados

No Verão são sempre quentes

De Inverno sopram gelados

 

Quatro Tempos, QuatroVentos

Na vida bem misturados

Nesta minha observação

 

Confundem-me os sentimentos

Se os achar desparatados

Pelo erro, peço perdão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por severino às 14:23

mais sobre mim
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
18

19
20
21
22
23
25

27
28
29


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO